30 de jul de 2013

Capítulo 13 e agradecimento =D

Antes eu queria agradecer a todas as minhas leitoras que comentaram o capítulo 12...Fiquei muito feliz =D e como prometido aí está mais um cap... espero que gostem, bjos

Alguns minutos depois, Zac acorda.
Zac: nossa... Ai minha cabeça...
Gina: Zac, tudo bem?
Zac: sim... Nossa... Tive um pesadelo... Sonhei que a Vany tinha morrido. Ainda bem que não é verdade né?! Imagina o que eu faria sem minha borboleta?!- sorriu.
Xxx: Zac... Não foi um pesadelo...
Zac: Ash?
Ash: oi meu amigo.
Zac: o que você tá fazendo aqui? Veio ver a Vany também?- sorriu largamente.
Ash: não Zac... A Vany morreu...
Zac: para com isso Ash. Foi só um sonho.
Ash: não foi um sonho, caramba. Ela morreu. – gritou.
Ashley estava muito mal e ver Zac nesse estado não ajudava nada.
Zac: para de mentira Ash! Ela não morreu. Eu quero ver ela...
Zac se alterou... Se levantou da cama e saiu a correr pelos corredores do hospital.
Zac: Vanessa!!! Amor, cadê você?
Ele estava perdido... Sem rumo... Não aceitava o que estava acontecendo.
Ash: Scott... Ajuda ele, por favor - pediu chorando muito.
Scott: calma cara.
Scott puxou Zac, o impedindo de correr mais longe.
Zac: onde tá minha borboleta Scott? Por favor... Me leve até ela... Eu só quero ver a Nessa...
Zac não estava nada bem. Para ele era como se tivesse caído em um abismo profundo. Como se tivesse recebido várias facadas no coração.
Scott: não posso fazer isso, Zac. Infelizmente não posso.
Zac: a Nessa... Não... Por favor... Eu quero minha namorada. Eu quero ver ela. Será que você não entende?
Zac gritou. Ele estava descontrolado. Com uma enorme força, ele se soltou de Scott e saiu correndo de novo, abrindo as portas de todos os quartos do hospital.
Ash: é melhor o deixar ir... Só vendo ele vai acreditar.
Ashley continuava chorando muito e foi abraçada pelo namorado. A família Hudgens estava toda ali e também chorava muito.
Com Zac... Ele estava cansado e chorando. Até que abriu a porta de um quarto onde havia uma pessoa deitada na cama coberta por um lençol e um médico.
Méd.: Efron... Você não podia estar aqui.
Zac: ai meu Deus. Vanessa... Amor... Não pode ser...
Zac correu até a cama e tirou o lençol.
Zac: NÃO! MEU DEUS! NÃO PODE SER ELA!
Vanessa estava pálida, mas ainda estava com o corpo quente, porém já não respirava mais.
Méd.: senhor Efron... Por favor. Saia daqui.
Zac: não. Eu prometi que nunca deixaria minha Vanessa sozinha. E nunca vou deixar.
Zac se agarrou a Vanessa, enquanto chorava. Seus olhos não demonstravam nada além de tristeza.
Zac: amor... Por favor acorda... Eu te imploro. Volta pra mim!
Méd.: não adianta Zac. Ela não vai acordar. Sinto muito.
Nessa mesma hora, todos chegam ao quarto de Vanessa. A família Hudgens, Ashley e Scott olhavam para Zac com pena e tristeza.
Ash: Zac... Você tem que aceitar!
Zac: aceitar? Como você me pede para aceitar isso? Não me imagino acordar e não sentir o calor da pele da Nessa na minha. Não ver o sorriso dela, que ilumina qualquer pessoa. Os carinhos dela, que só ela sabe fazer... A voz dela, que parece melodia em meus ouvidos - acariciando o rosto sem vida de Vanessa - olhar os olhos cor de mel dela, que me transmitem paz. Eu não consigo enxergar a minha vida sem a minha borboleta. Quem vai ficar até altas horas da noite conversando comigo? Quem eu vou poder beijar e abraçar quando quiser compartilhar momentos de alegrias e até mesmo de tristezas?! De quem eu vou cuidar?! Pra quem eu vou viver?! Como vou viver se minha vida é a Baby v?!
Zac chorou e chorou. Passados dez minutos e ele continuava na mesma. Agarrado a Vanessa, fazendo carinho em seu rosto.
Zac: eu sei que você vai voltar pra mim. Nós vamos nos casar, vamos ter nossa família. Vamos ficar bem velhinhos juntos. Você vai abrir esses lindos olhos e dizer que me ama e depois vamos nos beijar e tudo vai ser melhor. Sabe por que, Nessa? Por que nosso amor é maior que tudo... É maior que a morte... É mais forte que a mais sólida rocha que existe. Nosso amor é único e nós vamos contar nossa história para nossos netinhos.  Vamos mostrar para todos que nunca nada e nem ninguém vai nos separar. Então... Acorda amor... Por mim... Por nós. Acorda e vem construir comigo o nosso final feliz. Você é minha vida, você é meu coração. Você é parte que me falta. Você me completa. Eu amo você, minha princesa.

Zac aproximou seu rosto do de Vanessa, deu um beijo longo e apaixonado na testa dela e deixou uma lágrima cair no rosto da amada. Essa lágrima estava com um brilho diferente e percorreu o rosto de Vanessa morrendo em sua boca. Segundos depois...

29 de jul de 2013

Capítulo 12 (Dedicado à minha querida amiga Bia)

No dia seguinte Zac acorda eufórico ao se lembrar que veria Vanessa. Se arrumou rapidamente e saiu de casa. Passou em uma floricultura e comprou um lindo buquê de flores para ela.

Logo depois, foi apressadamente para o hospital.
Zac: bom dia! Vim visitar a senhorita Vanessa Hudgens. - disse para a recepcionista.
Recep: sinto muito, mas a senhorita Hudgens não pode receber visitas.
Zac: o que? Como não? Ontem o doutor me disse que eu podia vim vê-la. Eu sou o namorado dela. Por favor, me deixe ver ela?
Recep: desculpe-me senhor...
Zac: Zac Efron.
Recep: desculpe-me senhor Efron, mas são ordens médicas.
Zac: mas... Eu preciso ver a Nessa. - uma lágrima caiu de seu olho.
Xxx: Zac!
Ao ouvir seu nome, Zac vira-se rapidamente.
Zac: dona Gina. Ai graças a Deus. Por favor, me deixa entrar! Me deixa ver a Nessa. Por favor. - suplica com os olhos marejados de lágrimas.
Gina: infelizmente não posso Zac!
Zac: mas por que mão? Olha só, eu até trouxe flores para ela. Ela ama rosas. Eu sei que ela vai gostar de me ver.
Zac já estava em um estado lastimável. Estava chorando e seus lhos já não tinham mais brilho algum.
Gina: Zac... A Vanessa... Ela...
Zac: não dona Gina. Ela vai gostar de me ver. Por favor, me deixa ver minha namorada.
Gina: ZAC!- gritou.
Zac a olhou assustada.
Gina: me desculpa, me alterei. Zac... Eu não sei como te contar isso. Mas... Aconteceu algo que nenhum de nós estava à espera.
Zac: o que aconteceu dona Gina? Foi com a Vanessa? Me fala.- agoniado.
Gina: a leucemia da Vanessa se encontrava em alto nível.  Depois do transplante, ela ficou bem, mas... É algo que nenhum médico consegue explicar... Apesar de ter reagido bem, o organismo dela rejeitou a medula e. - começou a chorar- ninguém soube explicar... Isso nunca aconteceu com ninguém antes...
Zac: dona Gina você está me assustando. O que aconteceu?
Gina: ela... A Vane... Ela...
Zac: ela o que? Dona Gina!
Xxx: ela morreu Zac.
Zac: o que?
Zac se virou e viu Greg.
Greg: ela morreu Zac. Infelizmente nossa borboleta partiu.

Zac sentiu suas pálpebras dilatarem. Suas pernas estremeceram e seu coração por um momento parou de bater. Quando viu que Gina e Greg estavam falando a verdade, sentiu uma forte fincada no peito e depois tudo escureceu.

Cinco coments e capítulo 13 amanhã de manhã!!!

28 de jul de 2013

Oiii

Oi meus amores!!!
Capítulo 12 em breve hein?!
E aí, o que estão achando da história?!

Beijinhos de chocolate

25 de jul de 2013

Capítulo 11

Dois dias se passaram e chegou o grande dia. Vanessa faria a transfusão de medula.
Zac: suas coisas estão prontas, Nessa?
Van: sim... Acho que tá tudo aqui.
Zac: então vamos.
Zac pegou a mala de Vanessa e a colocou no carro. Depois, ele e a namorada seguiram de carro até o hospital.
No hospital, Vanessa já estava prestes a ser levada para a sala de cirurgia.
Zac: vai dar tudo certo, amor.
Van: Zac, eu tô com medo.
Zac: não se preocupe com nada, minha linda. A cirurgia vai ser um sucesso e você vai se curar.
Van: eu te amo.
Zac: eu também te amo muito, muito, muito minha borboleta.
Zac beijou Vanessa como se fosse a última que faria tal coisa.
Gina: estaremos aqui rezando por você, minha filha. Te amo.
Van: também te amo mãe.
Gina deu um beijou na testa da filha.
Greg: seja forte minha Vanessa.
Greg abraçou a filha que sorriu.
Stel: te amo, mana!
Van: também te amo sua pirralha!
Elas se abraçaram.
Ash: amiga, vai ficar tudo bem tá?! Te amo, amore.
Van: eu também amo você Tizz.
Ashley e Scott abraçam Vanessa, que logo em seguida é levada para a sala de cirurgia.
Horas se passaram e todos já estavam aflitos na sala de espera.
Zac: que demora dessa cirurgia! Será que aconteceu alguma coisa?
Gina: calma Zac. É assim mesmo e tenho certeza que tudo vai dar certo.
Gina abraçou o genro, tentando confortá-lo.
Mais duas horas se passaram e finalmente o médico apareceu.
Gina: então, doutor?
Méd.: bom, felizmente a cirurgia foi um sucesso. Agora é só esperar e ver como o organismo da paciente reagirá à nova medula.
Zac: e a Vanessa? Nós podemos vê-la?
Méd.: hoje, somente os familiares da paciente poderão visitá-la e apenas uma pessoa pode ficar com ela durante a noite.
Zac: doutor, por favor, me deixa ver ela?
Méd.: o que o senhor é dela?
Zac: namorado.
Méd.: infelizmente não posso permitir sua entrada.
Zac se sentiu mal por não poder ver a própria namorada. Apenas abaixou a cabeça, deixou algumas lágrimas escorrerem de seus olhos e saiu do hospital.
Ash: tadinho do Zac. - chorando.
Méd.: bom, os pais da paciente podem me acompanhar?
Gina/Greg: claro!
Gina, Greg e Stella foram até o quarto onde Vanessa estava.
Méd.: não deixem que ela se altere e nem que faça esforços. Vocês tem meia hora e depois somente um de vocês pode ficar.
Gina: ok...
O médico saiu do quarto. Alguns minutos depois, Vanessa acabou acordando.
Van: mãe? 
Gina: oi minha filha.
Van: como ocorreu a cirurgia?
Gina: foi um sucesso, agora é só esperar para ver como seu corpo vai reagir.
Van: mãe, onde tá o Zac?
Gina: não sei amor.
Van: eu quero ver ele mãe. Traga ele aqui.
Vanessa começou a chorar.
Greg: filha, você não pode se alterar. Calma.
Van: mas e o Zac? A Ash e o Scott?
Stel: amanhã eles vão vir ver você maninha!
Vanessa se conformou, mas deixava bem nítida a tristeza em seus olhos.
Zac foi direto para sua casa, onde ele se jogou na cama e adormeceu pensando na namorada.

Sei que tá pequeno, mas aconteceram algumas coisas comigo e ñ estou tendo tempo p escrever... me desculpem...

23 de jul de 2013

Capítulo 10

Semanas se passaram... Vanessa precisava fazer uma transfusão de medula rapidamente caso contrário sua leucemia podia piorar o que faria com que ela tivesse pouquíssimos meses de vida. Ela havia saído do hospital uma semana depois de ter desmaiado pela primeira vez.  Josh e Amanda viviam a atormentando, mas para sua sorte Zac sempre estava ao seu lado a defendendo de tudo e de todos.
Zac: Nessa, o que acha de nós sairmos com a Ash e o Scott?
Van: não sei Zac. Meu cabelo já tá começando a cair. Eu tô feia e todo mundo vai ficar rindo de mim. - tristemente.
Zac: olha pra mim. - segura o rosto dela – você tá linda. E ninguém vai rir de você, sabe por quê? Porque eles não têm conta com sua vida e eu tô aqui, do seu lado e vou te proteger. Vamos, meu amor? Você precisa se distrair!
Van: só vou porque você também tem que se divertir. Você fica o dia todo cuidando de mim. Deve estar cansado né?
Zac: claro que não! Eu adoro ficar assim com você.
Zac sorriu e abraçou a namorada. Ambos estavam deitados na cama de Vanessa. Zac ia pra casa dela todos os dias, por sua sorte conseguiu um emprego só na parte da manhã e o resto do dia ficava cuidando de Vanessa e a noite ia pra faculdade, onde cursava administração. Já Ashley, fazia faculdade de moda o dia todo e cuidava de Vanessa durante a noite. Vanessa abandonou a faculdade de designer de decoração. Scott também cursava administração com Zac.
Zac: podemos sair no sábado, assim todos nós podemos ir.
Van: claro. Tenho saudades de quando a gente saía com eles.
Zac: eu também. Mas não é nada ruim ficar aqui com você.
Van: rsrs. Você é bobo, Zac.
Zac: eu sei disso. Kkk. Mas sei também que você me ama!
Van: quem te disse isso?-brincando.
Zac: você...
Van: a é? Quando?
Zac: todos os dias... Rsrs... E eu também te amo!
Zac se aproximou de Vanessa, pegou o rosto dela entre as mãos e a beijou com muito carinho.
Estava no fim da tarde e Zac estava indo pra faculdade.
Zac: amor, eu tô indo.
Van: tudo bem. Vai com Deus e cuidado.
Zac: fica com Deus também, borboleta. Amanhã antes do trabalho eu passo aqui pra te ver.
Van: não precisa amor. Você chega cansado e não quero que você se incomode mais.
Zac: não é incômodo. Eu fico com saudades de você.
Van: eu também. - fazendo biquinho.
Zac: rsrs. Meu bebezinho lindo. - roça seu nariz no dela.
Van: agora vai, olhos azuis. Você não pode se atrasar.
Zac: tudo bem. Tchau minha princesa.
Van: tchau lindo.
Eles se beijaram e Zac saiu.  Minutos depois Ashley chegou.
Ash: hey darling!
Van: oi amiga!
Ash: tudo bem?
Van: é... Tudo mais ou menos.
Ash: por que, amore?
Van: tô com medo Ash. -começou a chorar - minha transfusão será daqui dois dias... E se não der certo?
Ash: é claro que vai dar certo. Não seja pessimista! Vem aqui minha nega!- abraçou a amiga. - tudo vai dar certo. Eu tô aqui com você, o Scott, o Zac e toda sua família também. Você vai se curar, eu prometo.
Vanessa continuou chorando, mas ficou um pouco melhor depois das palavras que Ash lhe disse. Elas jantaram e depois foram dormir Vanessa demorou a pegar no sono.
Pensamentos de Vanessa: ô meu Deus? Será que essa transfusão vai dar certo? Eu tô com tanto medo! E se não der? Eu vou acabar morrendo e... Eu nem quero pensar nisso. Não quero deixar meus amigos, minha família e muito menos o Zac.

Com esses pensamentos, Vanessa começou a chorar, mas logo depois se rendeu ao sono.

Oie minha flores... me desculpem pelo capítulo, mas ñ tô inspirada esses dias...Mas espero que tenham gostado ao menos um pouquinho!
bjos

19 de jul de 2013

Capítulo 9

Zac: Amanda?
yyy: eu não disse que eles estavam juntos?!
Van: Josh? O que você faz aqui?
Josh: vim te ver Vanessinha - ironicamente.
Aman: então quer dizer que você me trai com essa coisinha aí?! Poupe-me Zac. Olha só a diferença entre nós duas. Eu sou muito mais linda e atraente que ela.
Zac: não fale assim da Vanessa, Amanda.
Josh: falou o defensor das pobres e oprimidas. Kkk. Ou devo dizer das vadias e doentes?!- gozando da cara de Zac e ofendendo Vanessa.
Zac: escuta aqui seu imundo, lava essa sua boca suja pra falar da Vanessa, ouviu bem?! E você, Amanda, saiba que eu amo a Vanessa e é com ela que eu vou ficar. Agora se vocês não se importam, saiam daqui por que a Nessa tem que descansar.
Josh: sair pra que?! Aqui tá tão legal - ironizando.
Aman: isso mesmo. Não tem nada melhor que ver você, Vanessa, assim. Pálida, doente e ridícula. - zombando de Vanessa.
Vanessa não conseguia dizer nada, estava triste e lágrimas já lhe cegavam os olhos.
Zac: chega vocês dois. A Vanessa é a garota mais linda e maravilhosa desse mundo, não é por que ela está deitada na cama de um hospital que vai deixar de ser. Você, Amanda, tá dizendo isso por que sempre teve inveja da Nessa e queria ser como ela. E você, Josh, tenho pena de você. Sinto muito se você não soube tratar a Vany do que jeito que ela merece, mas não tem problema eu vou dar a ela tudo que você não deu. Agora saiam daqui. AGORA!- gritou.
Scott e Ashley estavam chegando perto do quarto de Vanessa e ouviram o grito de Zac. Ao entrarem, viram Josh e Amanda.
Ash: o que foi?
Zac: tirem esses dois daqui, por favor.
Scott e Ashley “empurraram” os dois do quarto. Zac correu e abraçou Vanessa que já voltava a chorar.
Van: a Amanda tem razão, Zac. Eu devo estar ridícula.
Zac: não liga para o que ela fala. Você tá linda, meu amor.
Van: você tá falando isso só porque é meu... - parou de falar.
Zac: seu?
Van: amigo. - disse com tristeza ao se lembrar que Zac ainda não havia terminado oficialmente com Amanda.
Zac percebeu a tristeza de Vanessa. Ele sabia que ela se sentia triste por não ser namorada dele. Zac pensou rápido e tomou uma decisão.
Zac: Vany, eu preciso sair.
Van: o que? É sério que você não vai ficar aqui comigo?- perguntou com lágrimas nos olhos.
Zac: é rápido, minha linda. Prometo que volto logo. - beijou a testa dela e depois os lábios. - eu te amo.
Van: eu também...
Zac saiu e Vanessa ficou triste, mas logo se alegrou ao ver sua amiga entrando no quarto juntamente de sua família.
Van: mãe, pai, Stellinha!- sorriu ao ver eles.
Gina: filha... Que saudades. - abraçando Vanessa.
Van: também senti saudades. Oi pirralha!
Stel: oi srta. chata!- sorriu e abraçou a irmã mais velha.
Greg: e eu não ganho nada não?!- fazendo cara de tristeza.
Van: pai!- finalmente soltou as lágrimas. - senti sua falta.
Greg: eu também, meu amorzinho!- abraçou a filha.
Passou uma hora. Vanessa já não estava mais tão triste. Se divertiu muito com a família e com Ashley. Depois eles foram embora e apenas Ashley ficou. Eram quase duas da tarde, quando alguém bateu na porta e entrou. Era Zac, que trazia consigo um ramo de lindas rosas e lírios.
Zac: oi Ash. Oi Nessa!
Ash: oi.
Van: oi.
Zac: Ash será que você podia deixar a gente conversar a sós, por favor?
Ash: claro. Vou lá almoçar e depois volto. Tchauzinho pra vocês. - mandou um beijo pra amiga e saiu.
Zac: trouxe pra você, Vany. - deu a ela as flores.
Van: obrigada Zac. São tão lindas e cheirosas - sorrindo e cheirando as flores.
Vanessa estava sentada e colocou as flores dentro de um jarro com água que estava na mesinha ao seu lado.
Zac: Nessa, eu quero conversar com você.
Van: o que foi? Senta aqui.
Zac sentou na cama, ficando ao lado de Vanessa.
Zac: eu... Vany tem muito tempo que quero te perguntar isso, mas nunca tive coragem. Mas agora que eu sei que você me ama como eu te amo não vejo porque não perguntar. Você aceita namorar comigo?
Vanessa ficou estática. Não sabia se ria ou se chorava.
Van: eu... É claro que sim, Zac. É tudo o que mais quero.
Zac sorriu e beijou Vanessa. Foi um beijo calmo, que foi ficando mais profundo e saboroso a cada segundo. Mas como tudo que é bom dura pouco, Vanessa se soltou de Zac com os olhos cheios de lágrimas.
Zac: o que foi minha linda?- acariciando o rosto dela.
Van: Zac. Você ainda não terminou com a Amanda.
Zac: depois de hoje, nem preciso. Deixei bem claro que não a amo e que amo você.
Van: mas... Zac, como você pode querer namorar uma garota como eu?
Zac: como você? Não entendi.
Van: Zac, eu tenho leucemia. Daqui um tempo, vou ficar careca, feia. Ninguém vai me querer mais. Muito menos você.
Zac: eu não estou com você por sua beleza, não que você não seja bonita, na verdade você é maravilhosa, mas estou com você porque você é uma garota incrível, tem qualidades de sobra e estas não vão acabar por causa de uma doença. Vanessa escuta, eu quero ficar com você porque eu realmente te amo e eu prometo que vou cuidar de você.
Van: você não pode fazer isso. Vai deixar de viver sua vida pra ficar cuidando de uma doente?! Isso não é justo com você.
Zac: e é justo eu te deixar aqui?! É justo eu deixar você doente sozinha enquanto eu posso muito bem cuidar de você?! Lembre-se que antes de tudo eu ainda sou seu amigo, e eu tenho certeza que se fosse eu no seu lugar você faria o mesmo por mim. Estou errado?
Van: não. - abaixou a cabeça.
Zac: olha pra mim. - levantou a cabeça dela com delicadeza.
Vanessa olhou atentamente no fundo daqueles olhos azuis que ela tanto amava.
Zac: eu te amo, meu amor. Não vai ser ninguém e muito menos uma doença que vai mudar isso que eu sinto por você.

Vanessa sorriu de verdade e o abraçou. Depois de um longo abraço eles se afastaram um pouco, mas logo se juntaram num beijo caloroso que transmitia um misto de sentimentos que ambos não sabiam definir.

Capítulo 8

Méd: Ela tem leucemia e seu estado é grave.
Ao ouvirem isso nenhum dos amigos aguentaram e começaram a chorar mais ainda. Zac e Ashley haviam perdido o chão.
Ash: quer dizer que ela pode... Pode morrer?
Méd.: nem sempre isso acontece. Mas no caso dela infelizmente sim. Ela tem poucos meses de vida, mas vamos realizar exames para confirmar e saber o grau da gravidade da doença.
Zac não queria ouvir mais nada. Saiu a correr da sala.
Méd.: é o namorado dela?- se referindo a Zac.
Ash: mais ou menos. Eles se amam.
Méd.: a sim. Bom, então a presença desse rapaz na vida da Vanessa agora é essencial. Bom, por favor, preencha essa ficha com os dados da paciente para realizarmos os exames.
Horas se passaram. Já eram cinco da manhã. Zac estava péssimo. Não conversava com ninguém. Estava sentado no chão, encostado na parede com a cabeça entre as pernas e chorando muito. Ashley chorava sentada em uma cadeira ao lado de Scott que a abraçava.
Méd.: amigos da senhorita Hudgens!
Ash: sim doutor!- se levantando e enxugando as lagrimas.
Méd.: já podem ir vê-la. O resultado vai sair ainda hoje e ela terá que ficar aqui no hospital por um tempo. Só irei decidir quanto tempo quando estiver com o resultado dos exames em mãos.
Ash: ok...
Méd.: o quarto dela é o 25.
Ash: ok... Obrigada.
Ashley, Scott e Zac foram ao quarto de Vanessa.
Zac: eu... Não consigo entrar Ash. - com o olhar triste.
Ash: Zac, ela precisa de você mais do que de qualquer outra pessoa. Seja forte, só assim ela também será. - acariciando o rosto do amigo.
Zac: está bem. Vamos entrar. - com medo do que veria.
Eles entraram silenciosamente e viram Vanessa deitada numa cama, com fios ligados em suas veias, pálida e muito fraca, porém já estava acordada.
Van: Ash... - sussurrou com dificuldade.
Ash: amiga!
Ashley correu para perto dela a abraçando fortemente e chorando muito.
Ash: eu te amo muito minha flor...
Van: também te amo Tizz. - pronunciou vagarosamente.
Vanessa deu um leve sorriso e olhou atrás de Ashley, onde viu Scott e Zac que estava de cabeça baixa.
Van: oi Scott.
Scott: oi Vany!- a abraçou - como se sente?
Van: bem... Mal!- tentou fazer graça mesmo estando fraca.
Scott: já, já você vai melhorar... - sorriu pra ela que retribuiu o sorriso.
Van: que Deus te ouça. Oi Zac!- olhou para ele que finalmente levantou a cabeça.
Zac: oi Nessa!
Zac se aproximou dela e sem demoras a abraçou. Um abraço forte da parte dele, que não pode ser retribuído devido à fraqueza dela. Tanto Zac quanto Vanessa começaram a chorar. Zac não suportava a ideia de que a garota que amava poderia morrer em pouco tempo. Já Vanessa chorava por tudo, apesar de não saber de nada ainda.
Van: por que eu estou aqui Zac?- perguntou entre soluços.
Zac: Nessa...
Ash: bom nós vamos deixar vocês conversarem sozinhos.
Ashley se aproximou da amiga e lhe beijou a testa e enquanto Scott fazia o mesmo, ela se aproximou de Zac e o abraçou.
Ash: seja forte. Você é a pessoa ideal para contar isso a ela. Se precisar pode nos chamar lá fora. - sussurrou no ouvido dele.
Depois ela e Scott saíram, deixando apenas Vanessa e Zac no quarto. Zac se sentou na cama, perto de Vanessa e lhe acariciou o rosto.
Zac: que saudades de você, minha princesa!
Vanessa sorriu tristemente.
Zac: eu te amo!- beijou Vanessa.
Vanessa ainda estava fraca e a única coisa que fez foi retribuir o beijo. Alguns minutos depois eles se separam.
Van: eu também te amo... Muito... - com muita dificuldade acariciou o rosto dele.
Zac sorriu.
Van: agora... Por favor... Me conta, por que eu tô aqui?
Zac: Nessa antes de tudo, saiba que eu te amo muito e que sempre vou estar do seu lado. Agora você precisa ser forte...
Van: o que houve Zac?- com lágrimas nos olhos.
Zac: minha princesa... Você tem... Você tem leucemia. - disse calmamente olhando atentamente pra ela.
Van: o que?
Zac: eu sinto muito Nessa... Mas... Você tem leucemia. - chorando.
Van: é mentira né Zac?- chorando sem acreditar no que ele dizia.
Zac: infelizmente não, minha linda. Mas, olha, eu tô aqui com você. E vou te ajudar a enfrentar todos os obstáculos da sua vida.
Van: isso não pode ser verdade... Não pode. - chorando descontroladamente.
Zac: não fique assim, borboleta. - a abraçou com todas as forças.
Van: eu... Eu vou morrer. Eu não quero morrer Zac. E minha vida? Minha família? Meus amigos? E você? Eu não quero te deixar, Zac. Não quero... - disse soluçando de tanto chorar.
Zac: você não vai morrer. Você vai fazer um tratamento e eu tenho certeza que você vai se curar. Vamos procurar o melhor médico do mundo, mas você vai ficar bem. Eu prometo. Eu prometo que eu e você vamos ficar juntos pra sempre. Eu te amo, meu amor.
Vanessa estava impossibilitada de pronunciar qualquer palavra. Ao ouvir Zac dizendo que a ama e a chamando de “meu amor” tudo que ela mais queria era corresponder, mas não conseguia. Estava em choque. A única coisa que pensava era que iria morrer. Alguns minutos depois, Vanessa resolveu falar alguma coisa.
Van: o que vai ser de mim agora, Zac? Ninguém vai me querer mais... Vou ficar feia... Meu cabelo vai cair. Eu... Vou ficar sozinha. - voltando a chorar.
Zac: ei, psiu. Não fala isso. Você nunca ficará sozinha. Eu tô aqui, minha borboleta e não vai ser agora que vou te deixar. Eu te amo. Te amo muito mesmo, sou capaz de dar minha vida por você.
Van: e vai me amar mesmo quando eu não puder ser mais a mesma, quando eu ficar careca?
Zac: vou te amar mais ainda. A cada dia que passar pode ter certeza que meu amor por você só vai aumentar.
Vanessa se emocionou com a resposta de Zac e o beijou. Foi um beijo calmo e apaixonado,mas que logo foi interrompido.

Xxx: Zac? O que significa isso?

18 de jul de 2013

Capítulo 7

No boliche...
Zac e Amanda voltam e se sentam à mesa.
Zac: cadê a Nessa?- olhando pra todos os lados, procurando-a.
Quando ouviu o namorado perguntando por Vanessa, Amanda revirou os olhos e fez cara de desprezo.
Ash: foi embora.
Zac: embora? Como assim?
Ash: ela disse que estava cansada e foi. Ela tava triste e pálida. Tô preocupada com ela. Daqui a pouco vou embora.
Zac: mas... Eu vou lá atrás dela. - se levantando da cadeira.
Aman: não vai não. Sua namorada sou eu e não ela.
Zac: mas ela é minha melhor amiga.
Aman: Zac... Fica aqui vai. Deixa ela. - segura o braço dele o impedindo de sair.
Zac não teve alternativa a não ser ficar. Duas horas se passaram quando eles resolveram ir embora.
Na casa de Vanessa...
Vanessa chegou em casa, tomou banho e foi comer alguma coisa... Depois foi assistir TV enquanto pensava em Zac. Sua tristeza era enorme. Vanessa não se sentia bem. Estava com dores por todo o corpo e se sentia cansada e fraca. Resolveu ir para o quarto, mas antes que pudesse dar um passo desmaiou.
Ashley estava chegando em casa.
Ash: dorme aqui, vai!
Scott: amor, não faz essa carinha.
Ash: fica, please!
Scott: ok... Eu fico.
Ash: ai lindo, eu te amo!
Scott: também te amo gatinha!
Eles se beijaram e entraram.
Ash: Vany! Amiga, você tá aqui?- gritou. - ué... Ela não responde. Será que ela já dormiu? Vou lá no quarto ver se ela tá lá.
Scott: ok... Vou beber água.
Ashley foi em direção a escada e viu uma cena muito triste. Vanessa estava caída no chão, perto do sofá.
Ash: AAAAAAA!- gritou.
Scott: que foi Ash?- correu pra perto dela.
Ash: a Vany...
Ashley correu para perto da amiga e Scott também.
Ash: pega ela e leva ela pro quarto.
Scott: ok...
Scott assim fez. No quarto, ele colocou Vanessa deitada na cama.
Ash: o que será que aconteceu com ela?- passando a mão no rosto de Vanessa - meu Deus, ela tá ardendo em febre. - chorando.
Scott: é melhor levarmos ela ao hospital.
Ash: claro. Vamos!
Scott a pegou no colo novamente. Ao ser pegada por Scott a blusa de Vanessa levantou um pouco e Ashley pôde ver na costa dela varias manchas roxas.
Ash: Scott, a costa dela está cheia de manchas!
Scott: meu Deus é melhor irmos rápido.
Eles foram rapidamente para o hospital. Quando chegaram, Vanessa foi levada para uma sala onde ficou por muito tempo.
Ash: temos que avisar o Zac. Liga par ele?
Scott: claro amor. Fica calma tá? Vai dar tudo certo, você vai ver.
Scott pegou o celular e ligou para Zac.

#Ligação
Xxx: oi cara!
Scott: oi zac!
Zac: por que ligou?
Scott: cara, a Vanessa está no hospital!
Zac: o que? Por quê?- perguntou aflito.
Scott: encontramos ela desmaiada perto do sofá e...
Zac: to indo aí. Tchau.

Scott desligou o celular.
Scott: ele nem esperou eu terminar de falar e disse que já ta vindo pra cá.
Ash: ele ama a Vany. Eu sei disso, da mesma forma que ela ama ele. - chorando.
Scott abraçou Ashley e assim eles ficaram por vários minutos até Zac chegar.
Zac: cadê a Nessa, Ash?- com os olhos vermelhos de tanto chorar.
Ash: eles a levaram e até agora nada.
Zac: isso é um absurdo. – disse impaciente.
Scott: calma Zac.
Minutos se passaram. Ashley contou a Zac o que aconteceu e este ficou desolado. Estava triste por Vanessa estar tão mal e se sentia culpado. Meia hora depois um médico apareceu.
Méd.: familiares da senhorita Vanessa Hudgens!
Ash: somos os amigos dela, fomos nós que a trazemos aqui.
Méd.: preciso conversar com vocês.
Zac: ela tá bem não tá doutor?- desesperado.
Méd.: me acompanhem.
Eles seguiram o medico até sua sala.
Ash: então doutor, o que a Vany tem?
Méd.: o caso da Vanessa é complicado. Vocês têm que ser fortes e a cima de tudo não saírem do lado dela. Nesse momento é muito importante que ela esteja sempre com os amigos e a família e, principalmente, com a pessoa que ela ama, ou seja, o namorado.
Nesse momento Ashley e Scott olharam para Zac que abaixou a cabeça chorando.
Ash: o que a Nessa tem? Fala doutor.

Méd.: a Vanessa tem... 

Estão curiosas para saber o que a Vanessa tem?!Comentem e o próximo capítulo será postado rapidinho...Boa noite minhas lindas...beijos