19 de jul de 2013

Capítulo 8

Méd: Ela tem leucemia e seu estado é grave.
Ao ouvirem isso nenhum dos amigos aguentaram e começaram a chorar mais ainda. Zac e Ashley haviam perdido o chão.
Ash: quer dizer que ela pode... Pode morrer?
Méd.: nem sempre isso acontece. Mas no caso dela infelizmente sim. Ela tem poucos meses de vida, mas vamos realizar exames para confirmar e saber o grau da gravidade da doença.
Zac não queria ouvir mais nada. Saiu a correr da sala.
Méd.: é o namorado dela?- se referindo a Zac.
Ash: mais ou menos. Eles se amam.
Méd.: a sim. Bom, então a presença desse rapaz na vida da Vanessa agora é essencial. Bom, por favor, preencha essa ficha com os dados da paciente para realizarmos os exames.
Horas se passaram. Já eram cinco da manhã. Zac estava péssimo. Não conversava com ninguém. Estava sentado no chão, encostado na parede com a cabeça entre as pernas e chorando muito. Ashley chorava sentada em uma cadeira ao lado de Scott que a abraçava.
Méd.: amigos da senhorita Hudgens!
Ash: sim doutor!- se levantando e enxugando as lagrimas.
Méd.: já podem ir vê-la. O resultado vai sair ainda hoje e ela terá que ficar aqui no hospital por um tempo. Só irei decidir quanto tempo quando estiver com o resultado dos exames em mãos.
Ash: ok...
Méd.: o quarto dela é o 25.
Ash: ok... Obrigada.
Ashley, Scott e Zac foram ao quarto de Vanessa.
Zac: eu... Não consigo entrar Ash. - com o olhar triste.
Ash: Zac, ela precisa de você mais do que de qualquer outra pessoa. Seja forte, só assim ela também será. - acariciando o rosto do amigo.
Zac: está bem. Vamos entrar. - com medo do que veria.
Eles entraram silenciosamente e viram Vanessa deitada numa cama, com fios ligados em suas veias, pálida e muito fraca, porém já estava acordada.
Van: Ash... - sussurrou com dificuldade.
Ash: amiga!
Ashley correu para perto dela a abraçando fortemente e chorando muito.
Ash: eu te amo muito minha flor...
Van: também te amo Tizz. - pronunciou vagarosamente.
Vanessa deu um leve sorriso e olhou atrás de Ashley, onde viu Scott e Zac que estava de cabeça baixa.
Van: oi Scott.
Scott: oi Vany!- a abraçou - como se sente?
Van: bem... Mal!- tentou fazer graça mesmo estando fraca.
Scott: já, já você vai melhorar... - sorriu pra ela que retribuiu o sorriso.
Van: que Deus te ouça. Oi Zac!- olhou para ele que finalmente levantou a cabeça.
Zac: oi Nessa!
Zac se aproximou dela e sem demoras a abraçou. Um abraço forte da parte dele, que não pode ser retribuído devido à fraqueza dela. Tanto Zac quanto Vanessa começaram a chorar. Zac não suportava a ideia de que a garota que amava poderia morrer em pouco tempo. Já Vanessa chorava por tudo, apesar de não saber de nada ainda.
Van: por que eu estou aqui Zac?- perguntou entre soluços.
Zac: Nessa...
Ash: bom nós vamos deixar vocês conversarem sozinhos.
Ashley se aproximou da amiga e lhe beijou a testa e enquanto Scott fazia o mesmo, ela se aproximou de Zac e o abraçou.
Ash: seja forte. Você é a pessoa ideal para contar isso a ela. Se precisar pode nos chamar lá fora. - sussurrou no ouvido dele.
Depois ela e Scott saíram, deixando apenas Vanessa e Zac no quarto. Zac se sentou na cama, perto de Vanessa e lhe acariciou o rosto.
Zac: que saudades de você, minha princesa!
Vanessa sorriu tristemente.
Zac: eu te amo!- beijou Vanessa.
Vanessa ainda estava fraca e a única coisa que fez foi retribuir o beijo. Alguns minutos depois eles se separam.
Van: eu também te amo... Muito... - com muita dificuldade acariciou o rosto dele.
Zac sorriu.
Van: agora... Por favor... Me conta, por que eu tô aqui?
Zac: Nessa antes de tudo, saiba que eu te amo muito e que sempre vou estar do seu lado. Agora você precisa ser forte...
Van: o que houve Zac?- com lágrimas nos olhos.
Zac: minha princesa... Você tem... Você tem leucemia. - disse calmamente olhando atentamente pra ela.
Van: o que?
Zac: eu sinto muito Nessa... Mas... Você tem leucemia. - chorando.
Van: é mentira né Zac?- chorando sem acreditar no que ele dizia.
Zac: infelizmente não, minha linda. Mas, olha, eu tô aqui com você. E vou te ajudar a enfrentar todos os obstáculos da sua vida.
Van: isso não pode ser verdade... Não pode. - chorando descontroladamente.
Zac: não fique assim, borboleta. - a abraçou com todas as forças.
Van: eu... Eu vou morrer. Eu não quero morrer Zac. E minha vida? Minha família? Meus amigos? E você? Eu não quero te deixar, Zac. Não quero... - disse soluçando de tanto chorar.
Zac: você não vai morrer. Você vai fazer um tratamento e eu tenho certeza que você vai se curar. Vamos procurar o melhor médico do mundo, mas você vai ficar bem. Eu prometo. Eu prometo que eu e você vamos ficar juntos pra sempre. Eu te amo, meu amor.
Vanessa estava impossibilitada de pronunciar qualquer palavra. Ao ouvir Zac dizendo que a ama e a chamando de “meu amor” tudo que ela mais queria era corresponder, mas não conseguia. Estava em choque. A única coisa que pensava era que iria morrer. Alguns minutos depois, Vanessa resolveu falar alguma coisa.
Van: o que vai ser de mim agora, Zac? Ninguém vai me querer mais... Vou ficar feia... Meu cabelo vai cair. Eu... Vou ficar sozinha. - voltando a chorar.
Zac: ei, psiu. Não fala isso. Você nunca ficará sozinha. Eu tô aqui, minha borboleta e não vai ser agora que vou te deixar. Eu te amo. Te amo muito mesmo, sou capaz de dar minha vida por você.
Van: e vai me amar mesmo quando eu não puder ser mais a mesma, quando eu ficar careca?
Zac: vou te amar mais ainda. A cada dia que passar pode ter certeza que meu amor por você só vai aumentar.
Vanessa se emocionou com a resposta de Zac e o beijou. Foi um beijo calmo e apaixonado,mas que logo foi interrompido.

Xxx: Zac? O que significa isso?

3 comentários:

  1. Meu deus que Triste, ainda bem que o z esta com ela pois ela precisara muito dele neste momento.o capitulo esta emocionante.

    ResponderExcluir
  2. a coitada da vanny ,
    e quer ver ser a amanda q interrompeu ,kkkkkk'
    mt bom posta logo , e nos outros blog's tmb ,
    sao otimos , mais ñ posso comentar pq ñ tnho blog :(

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. oie flor...agora vc pode comentar em todos os meus blogs, ta bom?!bjim

      Excluir

Deixem um comentário pessoal,please!